Inconformados #2

Imagem

 

Já estive muito tempo conformado com algumas situações. Por exemplo: Na época da escola, lá pela oitava série, meu apelido era Jesus. Porque? Eu cantava músicas da igreja dentro da sala de aula. Chegou uma hora que eu não fazia mais diferente, e não queria fazer diferença. Tanto faz, tanto fez. Era a minha escolha. Com o tempo vi que não poderia continuar assim. Percebi isso quando convidei um amigo da minha turma para ir em uma cantata que teria na minha Igreja, daí ele indagou: “Lá eles vão ficar zuando igual você faz aqui na escola? Nem quero ir”. A partir da indagação do meu amigo de turma comecei a pensar na minha postura, já que meu apelido era o nome de Jesus. Saí da zona de conforto, e fui em frente. Comecei a perder amigos, aliás, não eram amigos. Amigos foram os que ficaram perto de mim e queriam ouvir a respeito daquele que fez eu mudar de postura e a assumir o evangelho como estilo de vida, como modo de vida e sustento espiritual baseado no amor de Deus por nós através de Cristo Jesus, meu Senhor e Salvador.

Que lições você pode tirar a partir da minha história? Será que você deixa de fazer as coisas por medo de tentar, por medo de perder amigos ou ir contra a conformidade de um mundo caído? Pense nisso. A inconformidade com o mundo, e a busca em ser um exemplo no procedimento, no amor, na fé e na pureza tem que ser uma caratecristica de todo o cristão convertido em Cristo. Seja forte!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s