Desafios do Grande dia

Oi gente! Andava um pouco sumida daqui, né? Final de período na faculdade faz isso, hehe. Cheguei aqui com o meu texto e hoje é um dia especial para essa publicação (que ficou um pouco grande, confesso). Hoje completam cinco meses da história descrita no texto. Espero que possa abençoar suas vidas!

luana-love1

A luz do sol penetrava o quarto onde ela estava dormindo pelas frestas da janela e a convidava para um novo dia – mas não era qualquer dia. Ela sorriu animada, apesar de sentir uma leve tensão ocupar seu coração. Mas era uma tensão boa, se assim podemos dizer. Quantas lágrimas foram derramadas, quantas orações feitas e quantos sonhos arquitetados. Chegara o dia! Seus olhinhos brilharam em gratidão ao enxergar sua madrinha, que dormira ao seu lado aquela noite, e que percorrera juntinho dela cada momento até ali. A casa estava cheia de parentes e gargalhadas. Ela sentiu-se honrada por tantas pessoas especiais virem de tão longe compartilhar daquele momento. Arrumou os últimos detalhes e partiu para o salão. Foi surpreendida por um belo homem, que trazia em suas mãos um buquê de rosas vermelhas e em seu rosto um sorriso encantador. Era seu noivo.

O dia foi passando, a seu ritmo. O sol brilhava e ao chegar ao local da festa – que era o mesmo em que se arrumaria – seu coração era pequeno para tamanha alegria. Estava tudo ficando como sonhara. Subiu as escadas a passos lentos e acomodou-se no quarto onde se arrumaria e de onde tinha a visão completa do local da cerimônia – um lindo gramado de frente para o mar, com cadeirinhas brancas estendidas dos dois lados de um lindo tapete, onde havia escrito trechos de 1 Coríntios 13.

11012031_878138665610747_768928715609117074_n

A cada pincelada em seu rosto, delineada nos olhos e arrumada no cabelo, não conseguia pensar em muita coisa, só pedia a Deus para que as nuvens que naquele momento se formavam aos montes no céu, não trouxessem a chuva. A orquestra já se posicionava para passar o som e algumas pessoas iam chegando. Já arrumada, ela foi ao banheiro colocar seu tão sonhado vestido. Entre fotos e filmagens, pessoas queridas chegavam, ela

1300_8518e6e7-30d9-459d-a14b-fbf5e969f619ameaçava chorar, sua mãe a observava atentamente cheia de orgulho. Entre uma surpresinha e outra, recebeu uma carta de seu noivo, que se arrumava no quarto ao lado. Nem é preciso mencionar que o coração estava a mil e já não se aguentava de vontade de descer para um dos momentos mais sublimes e esperados de sua vida.           Sem título3Algumas lágrimas se escaparam ao receber a oração de sua mãe, de suas damas e abraços queridos. Quando menos podia imaginar, mais uma pequena surpresa: os fotógrafos colocaram-na atrás da porta do quarto, que estava entreaberta. Sentiu seu noivo chegar e então eles deram as mãos. Ela de um lado da porta, ele de outro. As mãos dele suavam frio e tremiam levemente. Ele orou e ela mal podia acreditar: estava a poucos minutos de chegar ao altar!1300_21f372a4-f1dc-402f-856b-ece99a348991

Grata a Deus por aquele momento especial foi falar com Ele a sós no banheiro. Ao voltar, os olhos de sua mãe estavam visivelmente preocupados e logo veio a notícia:

– Está chovendo!

A partir daí, orações não faltaram. E ela estava em frente a um desafio: crer na vontade do Deus que sonhou cada instante da vida dela. Um Deus que é soberano e prepara o melhor para seus amados filhos. Uma hora se passou recheada de opiniões, orações e ligações entre ela e seu noivo, cuja distancia para se tornar marido era uma chuva insistente lá fora. Os dois ponderavam sobre o que fazer e ela infelizmente teria que desistir do sonho de se casar no tão sonhado tapete de 1 coríntios 13. Ela se ajeitou e esperou alguém vir chama-la, quando de repente sua tia do coração apareceu e com os olhos brilhando disse:

– Parou de chover!

Ela bem que tentou questionar, mas se viu descendo as escadas e dando os braços aos seus pais, que a levariam até o altar. Eles caminhavam na grama molhada e de repente uma leve garoa voltou a cair. Subiu em seu tapete e percebeu que um dos maiores desafios de sua vida estava ali, a alguns metros de distância: ser capaz de amar aquele homem, fazendo-o feliz e construindo um casamento que honre ao Criador do Mundo.Sem título2

Há quem diga que foi tão lindo que até o céu chorou. Eles acreditam que todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus. O desafio é continuar crendo, em todos os dias, que os planos de Deus pros seus filhos são os melhores e que a vontade dEle é boa, perfeita e agradável.

 

Anúncios

5 comentários em “Desafios do Grande dia

    1. Oi Thais! Oh, muito obrigada querida! Com certeza nosso coração ficou temeroso, mas Deus é lindo demais e Seu amor nos faz entender Seus planos. Obrigada pelo carinho ❤

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s