Envolva-se | Missão Integral

Ontem eu fui ministrada em algumas coisas durante meu momento de oração e acabei lembrando do texto que hoje vou compartilhar com vocês. Escrevi-o em 2012  e meu desejo ao compartilhá-lo é tentar, de alguma forma, também te impulsionar a vida no evangelho que o Senhor quer de nós. A vida que ama, que serve, que se entrega, em prol de outros.

Nesses dias eu pude entender grandes coisas por pessoas muito mais experientes e vividas na caminhada cristã do que eu, principalmente no que diz questão à Missão.

Está certo que a Missão é ordem de Deus, mas quantas vezes a gente realmente leva isso a sério? A Missão tem que ser feita com amor pelos perdidos e vista como necessidade do mundo, mas antes de tudo isso, a Missão é ordem de Deus. Não existe meio termo, está no imperativo, é “IDE” e não “Se tiver como, vá”. E infelizmente a gente vê muito isso hoje… Ahh eu não tenho  chamado missionário, esse não é meu dom. Epa, mas peraí, se você não tiver sido chamado pra anunciar os atos poderosos de Deus pra todo mundo, então você tá no lugar errado! Se você é um regenerado no Senhor Jesus, isso é consequência quase que imediata.

Leia João 4, a história da mulher samaritana; ela mal conheceu Jesus e já foi contando pra todo mundo quem Ele era e o que tinha feito por ela. E Bíblia a fora, vemos tantos outros exemplos disso. E se você ainda tem dúvida e acha que seu chamado não é o “IDE”, dá uma lidinha em 1 Pedro 2: 9-10.. Note que Pedro fala “Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” Dá pra perceber claramente que nós somos geração eleita, sacerdócio real e tudo o que ele nos descreve, para podermos anunciar as grandezas de Deus! Ou seja, se você é do povo de Deus e foi regenerado nEle, é seu dever anunciar! Essa tarefa não é de um pequeno grupo, é de todos.

O ide que Jesus fala nos evangelhos é nosso dever e não opção. O que existe são chamados individuais, em que alguns são premiados (sim, premiados) e recebem o chamado de obedecer à ordem de Deus integralmente em outro lugar e se dedicar somente a isso. Mas não é porque você trabalha num almoxarifado ou faz faculdade, que não possa fazer missão integralmente. Porque se não, o que seria daqueles que vivem nos escritórios, dos que nunca conheceram um missionário, daqueles que moram nas mansões ou dos que trabalham nas indústrias?!

E é aí que entra a questão toda. Porque às vezes podemos achar que anunciar os atos poderosos de Deus é só com palavras. Mas somente palavras não bastam. Anunciar com palavras é muito importante, mas se o que a gente diz não está de acordo com o que vivemos, do que adianta? Mas quando resolvemos viver isso de fato, anunciar os atos poderosos de Deus em ações, as coisas tomam uma proporção tão grande que você nem imagina o que Deus pode fazer. Mas para isso é preciso se envolver! Como eu vou amar alguém com o amor de Deus se eu não me envolver com a vida dela? Como eu vou cumprir a ordem de Deus do IDE se eu não me envolver no plano dEle? Não adianta querer falar de Jesus superficialmente, porque as pessoas estão sedentas, e a maioria se assemelha àquela passagem que Jesus tem compaixão porque as pessoas “eram como ovelhas sem pastor” (Mr 6:34), então como anunciar os atos poderosos de Deus sem demonstrar esse poder nas nossas ações? Como visitar uma família pra compartilhar de Deus e sair do mesmo jeito, se aquela família está toda bagunçada emocional, física e espiritualmente?

Assim como Jesus fez em outras passagens, depois de dar o alimento espiritual àquelas pessoas, ele deu também o físico. Varia de acordo com cada necessidade, mas de uma forma ou de outra, seja uma pessoa que vc conheceu no ônibus, seja uma família carente que vc tem visitado… não fique por cima, envolva-se! Queira se envolver na situação e poder agir da melhor forma a mostrar a vida de Deus através de você àquela pessoa. Não diga diante do problema de alguém “Não tenho nada com isso” ou “prefiro não me envolver”, porque se os filhos de Deus não podem demonstrar amor nas mais variadas situações e buscar em Deus soluções…quem irá fazer? Se a gente não se levantar, quem irá? Não espere que o outro vá fazer aquilo que vc pode fazer agora. Se vc pode chorar, clamar e sofrer com e por alguém que sofre, que chora e que clama, porque não fazer?

Por diversas vezes eu não quis me envolver em situações, mas Deus sempre me lembrou de que eu não tenho que ter preguiça, desânimo e nem ficar de fora das situações, porque eu fui chamada pra isso também! E acredito que um dos maiores mistérios da vida cristã é o fato de nos descobrirmos amados por este Deus tão grande e esse amor nos impactar tanto a ponto de nos mover a fazer coisas que nunca faríamos por nós mesmos. E a vida começa a ganhar sentido quando começamos a canalizar aquilo que recebemos de Deus a outros.

Envolver-se e ajudar os outros a lidar e a carregar seus dias, injeta vida nos seus.

É ordem. Vá. Sem medo. Vá, fale, pratique e envolva-se. Não há nada melhor.

**

Um bom livro sobre a Missão Integral é o “O que é missão integral?” do autor C. René Padilla. Li boa parte dele na época que escrevi esse texto e realmente é um livro muito bom para tratar desse assunto. Fica a dica para quem se interessou e quer saber mais.

1,1
Páginas 136 – Editora Ultimato

 

Abraços e até a próxima!

 


Anúncios

4 comentários em “Envolva-se | Missão Integral

  1. Oi, Arlene!
    Eu aqui novamente para comentar sobre este lindo post que você escrevera há um tempo atrás 🙂
    No meu primeiro comentário eu destaquei apenas o sentido em percebermos o quanto somos privilegiados em servir ao Senhor. Mas, agora, queria destacar, primeiramente, o sentido de sermos missionários integrais (o tempo todo). As pessoas precisam ver Jesus em nosso modo de viver, seja no trabalho, seja na faculdade, seja em casa. Só a partir de uma mudança de estilo em nossa vida que teremos condições de pregar o Evangelho de Jesus. Como uma frase de Francisco de Assis: “Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras.”
    Outra coisa que acho super importante é essa questão que você disse sobre se envolver. Isso é algo que eu tenho aprendido recentemente sobre o sentido de sermos Igreja o qual é justamente isto: envolver-se! Viver como um corpo, ajudando um ao outro! Não apenas nos reunir, às vezes no domingo, cumprimentarmos e só, não ligando para as necessidades dos outros e não querendo se envolver na vida dos outros irmãos.
    Outro ponto que destaco é quando falamos sobre fazer evangelismo e logo pensamos em ir a algum lugar, entregar folhetos, falar do amor de Jesus… legal. Isso tudo é bom, mas, e aí? Onde está o amor de Jesus visto em nossas vidas se não realmente nos importarmos com as pessoas as quais estamos falando desse amor? Não queremos nos envolver com essas pessoas pois estamos ocupados demais com coisas mais importantes (nós mesmos).
    Eu oro ao Senhor que Ele venha a abrir nossos olhos quanto a tudo isso, e que possamos experimentar mais e mais do Seu infinito Amor e, dessa forma, sermos capazes de transmitirmos esse grande Amor às outras pessoas!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Concordo com tudo Wendell, e quando vc fala que não queremos nos envolver porque estamos ocupados com nós mesmos… é verdade. A gente precisa viver diligente e ligado o tempo todo para não cairmos na tentação de vivermos sempre o eu eu eu. E aí entra mais uma vez o negar a si mesmo, levar a cruz, renunciar, diminuir-se… sem isso, impossível nos envolvermos com as pessoas como Jesus quer.
      Amém! Que Ele nos ajude. Grande abraço!

      Curtir

  2. Essa questão é tão simples, mas ao mesmo tempo complexa né…tem muita gente (inclusive eu, que estou mudando meu pensamento por situações que Deus tem me colocado) que pensa que só deve cumprir o IDE quem tem esse chamado pessoal, e não é bem assim…podemos e devemos cumprir esse IDE mesmo nos lugares em que nos encontramos todos os dias e como o Wendell falou, se necessário usaremos palavras, mas antes disso nossa vida tem que falar por nós como testemunho vivo!

    Esse texto reflete muito o que tenho tentado viver! haha Acho que até vou postar ele no blog qualquer dia e claro com seus direitos autorais rs

    Muito bom! Deus abençoe ;**

    http://aninhamorando.blogspot.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Glória a Deus por isso, Aninha! Viver o que Deus quer pra nós é benção sem medida, é maravilhoso!
      Posta sim, fique a vontade p isso hehe… Deus cotinue te abençoando :*

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s